20 de dezembro de 2015





Que todos os do “Caminho”, cresçam na Palavra, em profundidade e entendimento, e, sobretudo, em amor e reverência uns para com os outros.
“Se vos amarem uns aos outros o mundo crerá que sois meus discípulos” — disse o Senhor.
No entanto, não recuem. Há prazer de Deus na perseverança na Palavra. E ninguém terá o poder de impedir o que Deus está fazendo, Ele mesmo, com nossa participação mais como assistentes do que como agentes de qualquer coisa.
O fato é que “os campos estão brancos”, prontos para a colheita. E os trabalhadores são poucos; e, dentre os poucos, menos ainda têm coragem para enfrentar a “casa rebelde”.
Minha oração é que Deus levante uma geração de gente que não fique falando muito, mas agindo muito, e em amor e fé.
E como tenho dito, também peço a Deus que confirme a Palavra por meio de sinais. Portanto, não apenas reúna, pregue e ensine; mas também ore com os doentes e aflitos; pois Deus tem dado clara evidência de que está e continuará a confirmar a Palavra da Graça com muitos sinais de cura e vida.