17 de setembro de 2013

FELIZ...



"Feliz é o ser humano que não se conduz conforme a opinião daqueles que não vêem a vida com misericórdia e compaixão. Feliz será todo aquele que não invejar o procedimento dos seres que não se movem por piedade e graça e cujo coração tem prazer em pecar. Feliz sempre será aquele que não escolher seu assento entre aqueles só se alimentam de sarcasmo, escárnio, inveja e cinismo. Sim! muito feliz sempre será todo aquele que não sente que está perdendo prazeres por não viver as experiências daqueles que existem sem o amor de Deus. Sim! feliz será todo aquele cujo prazer dos prazeres estiver na Palavra do Senhor e se ela ocupar o seu consciente e o seu inconsciente de dia de noite. Esse ser humano será como uma árvore plantada junto às correntes de águas, e que dá sempre o seu bom fruto na estação própria, e cuja folhagem não desvanece e nem murcha; pelo contrário: tudo quanto fizer se abrirá em flores e frutos numa explosão de vida. Os seres sem coração não serão jamais assim. Nada poderá fazer com que conheçam tal sorte para a alma. Esses tais jamais experimentarão a vida, pois eles não são assim. Seu ser alimenta-se de amargura e cobiça...não são assim como os filhos da misericórdia. Não! eles são semelhantes à palha que o vento espalha sem construir nada na existência...nada que tenha valor aos olhos de Deus. Esta é a razão dos impiedosos não terem o que dizer na hora do juízo. Nem tampouco os obstinados na maldade terão o que argumentar na assembléia da verdade divina. Tudo por uma única e definitiva razão: o Senhor conhece o caminho dos filhos da justiça e da misericórdia, mas o caminho dos sem misericórdia, esse mesmo caminho, os conduzirá à ruína. "(SALMO DE QUEM SABE ONDE ESTÁ A VIDA!- Caio Fabio)