2 de junho de 2011

TODO AQUELE QUE AMA O SENHOR COM VERDADE E CORAGEM SEMPRE PASSA POR CRISES



"E em cada processo a gente sente dor, a gente tem perdas, a gente larga carcaças. Todas as “passagens” são assim: a gente deixa o ventre, a mãe, e sente dor e desamparo, mas é para crescer. A gente vira adolescente e sente dor; e também sente raiva de quem ama, e uma horrível vontade de ir para longe...
A gente casa e tem filhos, e sente culpa de não sermos melhores, de não provermos mais, e de não podermos muito, mesmo quando se tem muitos bens; mas isso é para que se aprenda que na terra todo jardim tem serpentes, e todas as cachoeiras têm pedras cortantes, e todos os mares lindos têm águas-vivas e tubarões.
A gente entra na meia-idade e sente dor. Dor pelo que não fez; pelo que fez mal; pelo que fez pouco; pelo que menosprezou; pelo que tratou com desdém; pelo que era essencial e não foi abraçado com amor e reverencia. Então, a gente fica velha. E descobre que tudo faz parte; que tudo é Graça; e que toda estação tem sua dor e sua alegria; sua perda e seu ganho; sua guerra e sua própria paz.
Assim, saiba: esta é apenas uma crise para a vida, e, logo, logo, você terá certeza disso, tão somente creia que é assim. É assim para não ficar assim; e, assim, podermos ir de assim em assim, até o Sim Final."