16 de maio de 2011

MARAVILHOSA GRAÇA



O princípio inteiro da Graça opera no sentido de que quem foi perdoado, perdoe; e quem foi objeto de misericórdia, se torne misericordioso; e quem sabe que é infiel-no-próprio-ser, mais ainda ande em amor — pois quando não se consegue amar de modo pleno a fim de nunca transgredir, deve-se pelo menos ter amor e misericórdia para com todo aquele que, como nós mesmos, é apenas um pecador já salvo da morte buscando andar conforme a Vida.

Sou discípulo Dele, busco andar como Ele andou, anseio por fazer o entendimento do Evangelho uma plenitude que domine todo o meu ser. Entretanto, eu não sou como Jesus. Por isto, como Paulo, estou tendo sempre que desistir de coisas que para trás ficam; e também de quem eu mesma sou contra o que Nele já sou. Entretanto, mesmo assim, não sou como Jesus.

Um dia serei como Jesus; porém eu mesma jamais serei como Jesus. Serei completamente como Ele é, quando o que em mim é mortal for totalmente absorvido pela Vida Eterna; ou quando eu ganhar um corpo celestial. Assim, serei como Jesus porque Ele me fará ser como Ele; e não porque eu consegui me tornar como Ele.

Enquanto isto, em meio às minhas próprias indiosincrasias, confio que Nele já sou o que ainda serei.
(Adaptação do texto:Está Feito Para Ser Feito-  https://caiofabio.net)