17 de janeiro de 2011

O OLHAR HUMANO




“O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida.” 

"Quando olho para trás, em minha própria experiência religiosa, ou olho ao redor para a Igreja de Cristo pelo mundo, fico preocupado ao considerar quão pouco a humildade é buscada como aspecto distintivo do discipulado de Jesus. Na pregação e no viver, no convívio diário do lar e da vida social, na comunhão mais especial com cristãos, na direção e execução da obra de Cristo, ah! quanta prova há de que a humildade não é considerada a virtude principal, a raiz da qual as graças podem crescer, a única condição indispensável da verdadeira comunhão com Jesus. O fato de os homens poderem dizer que a afirmação daqueles que dizem estar buscando uma santidade mais elevada não vem acompanhada de um aumento em humildade é um sonoro desafio para todos os cristãos sérios - não importando se há mais ou menos verdade na acusação — para provar que mansidão e humildade de coração são as marcas essenciais pelas quais devem ser conhecidos os que seguem o manso e humilde Cordeiro de Deus."

(Andrew Murray).