16 de setembro de 2010

OUVIR MÚSICA DO MUNDO FAZ MAL À SAÚDE ESPIRITUAL?



Para não chocar as alma puras e que precisam se desenganar aos poucos, direi o seguinte:


Você sabia que o órgão (instrumento musical) já foi proibido nas igrejas porque era tocado nos bordeis? Você sabia que a maior parte das músicas dos hinos clássicos da igreja de hoje um dia já foram melodias de músicas chamadas profanas? Você sabia que o canto Gregoriano surgiu apenas porque a igreja julgava a utilização de qualquer instrumento musical como algo mundano? Você sabia que até cerca de 30 anos as baterias eram proibidas nas igrejas no Brasil? Você sabia que as guitarras já foram do diabo? Você sabia que Rock também já foi uma criação do inferno na visão da igreja?

Mas... Você sabia que na Nova Jerusalém todos os povos trarão ao Cordeiro as suas artes e produções culturais? Você sabia que todo o ser que respira louva ao Senhor? Você sabia que todos os instrumentos e formas musicais são de Deus? Você sabia que a música ou o instrumento são em si mesmos neutros? e que o coração dos homens é que os faz ser apenas aquilo que os homens são?

Você sabia que a Palavra de Deus não sabe o que é instrumento de Deus, nem música de Deus? reconhecendo apenas quem são aqueles que fazem as coisas com o coração em Deus?

Louvai ao Senhor! Cantai ao Senhor um cântico novo, e o seu louvor na assembléia dos santos! Alegre-se Israel naquele que o fez; regozijem-se os filhos de Sião no seu Rei. Louvem-lhe o nome com danças, cantem-lhe louvores com adufe e harpa. Porque o Senhor se agrada do seu povo; ele adorna os mansos com a salvação. Louvai ao Senhor! Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder! Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza! Louvai-o ao som de trombeta; louvai-o com saltério e com harpa! Louvai-o com adufe e com danças; louvai-o com instrumentos de cordas e com flauta! Louvai-o com címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes! Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor!

E agora? O que você fará? Vai se fazer escrevo de homens por causa da cegueira de quem só vê as aparências e as modas e anti-modas dos tempos e épocas? ou servirá a Deus de todo o coração e de toda a sua força, alma e mente?

Você pode tocar e cantar. Eu prego. Quando eu prego, sinto que Deus tem prazer. E se eu não pregasse? Deveria pensar que Deus sentiria menos prazer em mim?
Deus não sente prazer em que eu pregue. Sei que Ele sente prazer no coração com o qual eu prego!

E se você só gostasse de “gospel” e cantasse e fosse motivado pelo espírito que motiva boa parte dos “profissionais gospel”? O que você acha? Deus estaria mais feliz?, Deus não vê como vê o homem. O homem vê a aparência. Deus vê o coração.

Música é música, gosto é gosto e público é público. Cada um ouve o que gosta...e no fim é tudo a mesma coisa.
Só briga com isto quem pensa que seu próprio gosto musical é também o gosto de Deus.

Nesse caso, que matem a tudo a o que não gostam! Afinal, supostamente, Deus só gosta do que eles gostam...eles sabem o gosto de Deus.
Pelo menos no que me conste, o Diabo não criou nada ainda. Sua “arte” é perverter os usos e criar algo ainda pior: os inimigos do uso...que fazem mais a vontade dele—o Diabo—que os próprios usuários.
Muitas músicas não fazem meu gênero,mas minhas filhas são ecléticas...Então, acabo ouvindo tudo...e de vez em quando descubro em todos esses mundos musicais coisas que muito me agradam. Então, incluo na minha lista...que não pára de crescer.
Paulo diria: Fiz-me de pop para ganhar os pops; de funkeiro para ganhá-los; e toquei heavy metal para ver se salvava alguns.

A única coisa que acho é que tem muita gente com vontade de ouvir, pular, dançar e gostar do que gosta—e que esconde seus gostos sob os pretextos “evangelísticos” para poderem gostar do que gostam, sem a perseguição dos escribas e fariseus.

Toda dom vem do alto; e todo talento vem do Pai das Luzes
O homem não tem nada que não tenha recebido.
Eu ouço tudo que é bom, até música evangélica—mas somente quando é boa!
E tem mais: toda boa música me inspira em Deus.

Eu vejo a imagem de Deus em todas as belezas humanas.
E vejo os atributos de Deus em toda a criação.

O Apocalipse diz que haverá o dia quando todas as nações virão e trarão todas as suas riquezas como Glória ao Cordeiro.
Haverá de tudo nesse dia!
Todas as formas culturais e toda produção humana estarão consagrados ao Cordeiro.
Eu não espero esse dia chegar. Usufruo-o Hoje!

Portanto, escute tudo o que for bom——, mesmo que seja evangélico (rsrsrs).
Todas as coisas são puras para os puros! Leia Tito 1.15
Fique livre.
Foi para liberdade que Cristo nos libertou.

No mais eu diria:Cada hora pede o seu próprio som. E cada som pede a sua própria hora. A questão é ter sentido de “propriedade”, de bom senso. Sobre a música como problema para Deus, eu diria o seguinte: Deus deve sofrer barbaridades não é com as músicas, mas com as pregações. Na música o problema é o gosto de quem ouve. Na pregação não se trata de gosto...ou é...ou não é...e é de Deus! Aí, meus amigos e amigas, não há escolha: tem de ser o conteúdo do Evangelho!
Toque e cante seus ritmos para o Senhor de todas as nações, continentes e culturas da Terra. A diferença sempre vem do coração! Viva a vida na presença de Deus. O resto é conversa fiada.
Se não for assim, então, é melhor dizer: Me converti a um presídio de segurança máxima!
Boa seleção musical para você!

(Uma adaptação do texto das Cartas de Caio Fábio)